Rede de Observatórios de Segurança

Relatórios

Retratos da Violência: novos dados do Maranhão e Piuaí

Números do monitoramento de seis meses nos estados do Maranhão e Piauí.

#ElasVivem: dados da violência contra mulheres

Boletim revela números e dinâmicas da violência contra a mulher na BA, CE, PE, RJ e SP.

Pele Alvo: a cor da violência policial

Boletim revela o número de pessoas negras entre os mortos pela polícia em seis dos sete estados da Rede.

Infancias interrompidas - numeros da violencia contra crianças e adolescentes

Infancias interrompidas – numeros da violencia contra crianças e adolescentes

A vida resiste: além dos dados da violência

Dados monitorados em dois anos na Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo revelam 31.535 eventos violentos ou um caso de violência a cada 33 minutos.

Ações Policiais no RJ: nove chacinas em dois meses

Veja no infográfico com dados de mortes em operações policiais no último bimestre. O governador em exercício, Cláudio Castro, é mais letal que Wilson Witzel.

A Dor e a Luta: números do feminicídio

Rede de Observatório da Segurança revela dinâmica dos crimes de violência contra mulheres em 2020

A Cor da Violência Policial: a bala não erra o alvo

Rede de Observatório da Segurança revela em números a dinâmica racializada das ações policiais que enxerga pessoas negras como alvo.

Mortes em ações policiais explodiram em outubro

O Observatório da Segurança RJ monitorou ações policiais em outubro e verificou que as mortes decorrentes explodiram. A Polícia matou 63 pessoas em ações policiais no último mês. Um aumento de 425% em relação a setembro.

Racismo, motor da violência

A publicação de balanço do primeiro ano de monitoramento da Rede de Observatórios da Segurança tem o racismo como tema central e traz análises sobre12.559 registros reunidos de junho de 2019 a maio de 2020.

Operações policiais no RJ durante a pandemia: frequentes e ainda mais letais

Análise dos dados monitorados pelo CESeC relativos ao período da pandemia, de 15 de março a 19 de maio, mostram que as polícias fluminenses mudaram sua atuação no início logo após a decretação de medidas de isolamento social, mas logo voltaram a adotar o foco em operações violentas e letais.

Operações policiais em meio à pandemia: primeiros efeitos das medidas de combate ao coronavírus na ação policial

Esta primeira avaliação do impacto do novo coronavírus nas ações policiais no estado do Rio de Janeiro compara a frequência de operações e patrulhamentos em março de 2020, antes e depois do decreto governamental que caracterizou situação de emergência no estado. O texto também contrapõe os dados de março de 2020 aos do mesmo mês, em 2019.

Coronavírus e sistema penitenciário: crise à vista

Análise de dados do Infopen mostra a carência de equipamentos básicos de saúde, como consultórios médicos, farmácias e celas de observação nas unidades prisionais dos cinco estados da Rede. O texto também apresenta in formações sobre superlotação nas unidades prisionais de Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

A cor da violência na Bahia: Uma análise dos homicídios e violência sexual na última década

Estudo analisa 10 anos de dados do Sistema Único de Saúde (SUS) para apresentar a evolução das mortes violentas no estado da Bahia e revelar, com dados, a chocante concentração da violência letal e sexual entre negros e negras.

Mortes violentas no Ceará: pontos de atenção

Apesar da expressiva redução no estado, municípios do interior do CE registraram aumento de mortes violentas em 2019; feminicídios também cresceram no período. Veja aqui o boletim com os dados completos.

Retratos da Violência – Cinco meses de monitoramento, análises e descobertas

Veja aqui o primeiro relatório da Rede de Observatórios de Segurança, que traz dados e análises sobre os meses de junho a outubro.

Operações policiais no RJ: mais frequentes, mais letais e mais assustadoras

Veja aqui o relatório do estudo feito pelo Observatório da Segurança RJ sobre operações policiais no Rio de Janeiro de janeiro a junho.

A política de segurança do pública do Rio de Janeiro é ineficiente e financeiramente insustentável

Leia e baixe o estudo do especialista Alexandre Ciconello sobre o orçamento de segurança pública do Rio de Janeiro na lei orçamentária de 2020 e no Plano Plurianual 2020-2023. O segundo arquivo tem uma capa clara, mais adequada para impressão caseira.