Rede de Observatórios de Segurança

Nove organizações, em nove estados, conectadas para monitorar e analisar dados sobre segurança pública e direitos humanos.

Pele Alvo: a cada quatro horas, ao menos uma pessoa negra foi vítima de intervenção do Estado

Relatório registrou que de 3.171 mortes por intervenção do Estado com registro de raça/cor, 2.770 eram pessoas negras

read_more leia mais

Receba notícias sobre segurança pública e direitos humanos

Assine a newsletter da Rede de Observatórios e receba quinzenalmente nosso conteúdo no seu e-email

read_more leia mais

Conheça locais de acolhimento para mulheres vítimas de violência

São 1975 casos de violência contra a mulher monitorados pela Rede em 2021 no relatório #ElasVivem. Veja como como buscar ajuda.

read_more leia mais

Além da floresta: crimes socioambientais nas periferias

Boletim mostra a configuração complexa de faccionalização das periferias rurais

read_more leia mais

Últimas do blog

Visibilidade e vida da população travesti e transexual no Brasil

event 24 de janeiro de 2024

Por Adyel Beatriz “Pode bater que é tudo homem”. Com essas palavras, Zuri, Lua e Anne foram agredidas por cerca de 15 homens na madrugada do dia 19 de janeiro. A agressão aconteceu na saída do Casarão do Firmino, roda de samba na Lapa, no Rio de Janeiro. Em seu relato, publicado nas redes sociais, […]

As “saidinhas” no centro da arena política

event 18 de janeiro de 2024

Por Adyel Beatriz* A possibilidade da saída temporária de presos, conhecida popularmente como “saidinha”, voltou ao centro do debate após a morte do sargento Roger Dias da Cunha, de 29 anos, em Belo Horizonte, no dia 8 de janeiro. Ele foi baleado durante uma perseguição a um criminoso que havia deixado a prisão no Natal. […]

Rede de Observatórios passa a monitorar no Amazonas em 2024

event 12 de janeiro de 2024

Comprometida em ampliar os olhares para os fenômenos sociais Brasil afora, a Rede de Observatórios da Segurança chega ao Amazonas com um novo observatório. O estado é o nono a integrar a Rede em quatro anos de existência e se junta à Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo. Todos […]