Rede de Observatórios de Segurança

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é o segundo estado com mais registros de eventos na Rede de Observatórios. São 8.016 eventos monitorados pelo Centro de Estudos de Segurança Pública (CESeC) que é uma das primeiras instituições dedicadas aos estudos da segurança pública. Fundado em 2000 na Universidade Candido Mendes, tem como principal objetivo a realização de pesquisas inovadoras e outros tipos de projetos que alimentem o debate público e contribuam para promover os direitos humanos no sistema de justiça criminal do país.

Equipe

account_circle Saiba mais

Bruna Sotero

Bruna Sotero

Graduada em Segurança Pública pela Universidade Federal Fluminense, foi monitora e bolsista de Iniciação Científica na mesma instituição. Atuou como comentarista e colaboradora do jornal O São Gonçalo para a área de segurança pública. Integrou a equipe da Ouvidoria Externa da Defensoria Pública do Rio de Janeiro atuando principalmente no programa institucional Circuito Favelas por Direitos e no curso Garantias Legais em Territórios Instáveis.

account_circle Saiba mais

Jonas Pacheco

Jonas Pacheco

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, trabalhou no Instituto de Segurança Pública nas Coordenadorias de Projetos e Estatística, atuando na confecção de dossiês temáticos e estruturação de base de dados. Atualmente trabalha como pesquisador da Rede de Observatórios de Segurança – RJ

account_circle Saiba mais

Juliana Gonçalves

Juliana Gonçalves

Cria da Baixada Fluminense, de Nilópolis, é jornalista e pesquisadora. Juliana é coordenadora de comunicação da Rede de Observatórios da Segurança, cofundadora e diretora de conteúdo da Firma Preta e é integrante do coletivo feminista Minas da Baixada. É graduada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), tem especialização em Comunicação e Imagem na PUC-Rio e atualmente é mestranda em Políticas Públicas em Direitos Humanos na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É autora convidada na Antologia inspirada no universo da mixtape Para quem já mordeu um cachorro por comida até que eu cheguei longe…, do rapper Emicida. Tem passagem pelo Intercept Brasil, TV Globo e Catraca Livre.

account_circle Saiba mais

Pablo Nunes

Pablo Nunes

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPCIS-UERJ). Desde 2015 é doutorando em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP-UERJ). No CESeC, coordena a área de pesquisa da Rede de Observatórios da Segurança, além de participar de pesquisas relacionadas aos temas de juventude, gestão e modelos de policiamento, análise de índices criminais, mídia e violência.

account_circle Saiba mais

Pedro Paulo

Pedro Paulo

Graduado em Relações Internacionais pelo Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio, trabalhou como assistente de pesquisas no projeto Normas do Sistema de Segurança Sul-Americano, que investigou o comércio de armas na América do Sul. Atuou como pesquisador no Observatório da Intervenção. Atualmente é pesquisador da Rede de Observatórios da Segurança – Rio de Janeiro.

account_circle Saiba mais

Renato Cafuzo

Renato Cafuzo

Cria do Morro do Timbau, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro. Designer e artista visual com foco em ilustração, já realizou trabalhos pra moda, publicidade e livros infanto-juvenis. Se dedica a abordar temas que valorizem cultura, território, diversidade racial, social e de gênero. Também é youtuber no canal Nigeek, onde produz conteúdo sobre negritude na cultura geek, além da grife de mesmo nome, com peças originais ilustradas por ele. Atua como designer na Rede de Observatórios da Segurança.

account_circle Saiba mais

Silvia Ramos

Silvia Ramos

Cientista social com doutorado pela Fundação Oswaldo Cruz em Violência e Saúde, coordena pesquisas sobre violência urbana e segurança pública, atuando principalmente nos temas juventude, polícia, mídia e movimentos sociais. Publicou artigos e livros, entre eles Elemento suspeito: abordagem policial e discriminação na cidade do Rio de Janeiro, com Leonarda Musumeci; Mídia e violência: tendências na cobertura de criminalidade e segurança pública no Brasil, com Anabela Paiva; e Política, direitos, violência e homossexualidade, com Sergio Carrara e outros autores, em 2006. É coordenadora geral da Rede de Observatórios da Segurança Pública.

Blog

Câmeras nas fardas não são “bala de prata”

location_on
event 4 de junho de 2022

Por Thalitta Lima* e Pablo Nunes** No dia 30 de maio de 2022, 1.637 policiais de nove batalhões da polícia militar do Rio de Janeiro, boa parte localizados na Zona Sul da cidade, começaram a testar as câmeras corporais (bodycams) em suas fardas. A tecnologia foi entendida como uma grande solução para problemas latentes de […]

A ditadura policial militar nas favelas já começou?

location_on
event 17 de maio de 2022

Por Silvia Ramos* O caveirão, temido blindado da polícia civil do Rio de Janeiro, entrou na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio, na última quinta-feira, dia 11, com o objetivo de destruir a memória dos mortos na maior chacina policial do estado numa cena de truculência, ousadia e provocação. A polícia demoliu um memorial […]

Um ano da chacina do jacarezinho: Cláudio Castro usa favela como capital político

location_on
event 6 de maio de 2022

Por Pedro Paulo da Silva*  O dia 6 de maio de 2021 é central para entender como o Jacarezinho se tornou a ‘favela-foco’ no presente. Foi nesse dia que ocorreu a maior chacina policial realizada pelo Estado do Rio de Janeiro, com 28 pessoas mortas. A notoriedade nacional e internacional dada à chacina policial, tanto […]