Rede de Observatórios de Segurança

Piauí

Nem governadora está livre do racismo no Piauí

location_on
event 7 de julho de 2022

Por Marcondes Brito da Costa* e Maria D’Alva Macedo Ferreira** “Ódio exige a existência, e aquele que odeia tem que mostrar seu ódio em ações e comportamentos apropriados; De certa forma, ele tem que se tornar ódio.” Frantz Fanon  Após aprovar o Dia dos Sacerdotes de Religiões de Matriz Africana, a governadora do Piauí Regina […]

Maranhão e Piauí tem um caso de violência a cada três horas

location_on ,
feed
event 24 de março de 2022

  São 2.060 eventos violentos monitorados nos dois estados  Policiamento representa 59% do levantamento dos pesquisadores da Rede  Uma mulher foi vítima de violência a cada 72h, nos dois estados Todas as pessoas LGBTQIA+ mortas no Maranhão são negras   Piauí registrou 13 linchamentos em seis meses A Rede produz dados cidadãos através de um monitoramento […]

Piauí vive cotidiano bélico com política do ‘deixa morrer’

location_on
event 20 de janeiro de 2022

Por Elton Guilherme dos Santos Silva* Piauí tornou-se rota do tráfico internacional de drogas e o epicentro das disputas violentas entre organizações criminosas. O estado “fecha” fronteiras do nordeste, onde estão localizados alguns dos principais destinos turísticos do país e os portos marítimos, por onde segue para o mercado europeu, ou seja, para o lucrativo […]

Piauí: mulheres esbarram em atendimento precário ao denunciar violência doméstica

location_on
event 12 de novembro de 2021

Lila Luz, Marcela Castro e Marcondes Brito* O fenômeno da violência de gênero no Piauí, não é uma realidade diferente de outros estados do Brasil, mas apresenta situações peculiares merecedoras de atenção. De acordo com o Anuário da Violência 2021, produzido pelo Fórum de Segurança Pública,  foram 61 mulheres assassinadas. Destas, 31 foram vítimas de […]

Maranhão e Piauí serão monitorados pela Rede a partir do segundo semestre

location_on ,
feed
event 29 de julho de 2021

A partir de agosto, Maranhão e Piauí passam a integrar a Rede de Observatórios da Segurança. Os estados se juntam a Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo na produção de dados cidadãos.